Demência frontotemporal

demência frontotemporal

Como é o diagnóstico da demência frontotemporal?

Na demência frontotemporal, o diagnóstico é basicamente clínico, porque os testes neuropsicológicos, em geral, não apresentam alterações além da perda de atenção, comum nos quadros de depressão. Outra característica da doença é a irritabilidade, que é tolerada ou confundida pela família – “Ah, ela é assim mesmo” – no início.

Qual é o subtipo de demência?

Sergio Hototian – A descrição clássica desse subtipo de demência foi feita por Arnold Pick, em 1892, tendo como referência indivíduos que desenvolveram uma série de alterações cognitivas e comportamentais declinantes por disfunção executiva grave e fatal associadas à degeneração do lobo frontal nos achados de necropsia.

O que são demências e quais são suas características?

Sob o ponto de vista médico, as demências compreendem um número grande de enfermidades incuráveis que apresentam certas características comuns entre si, mas com peculiaridades distintas umas das outras.

Quais são as mudanças comportamentais que caracterizam o comprometimento frontal?

Drauzio – Quais são as mudanças comportamentais que caracterizam o comprometimento frontal? Sergio Hototian – Os sinais clássicos de frontalização são: desinibição, hiper-oralidade e impulsividade, que podem caracterizar-se a partir da mudança de personalidade observada pelos familiares.

Quais são os sintomas da demência frontotemporal?

Comportamentais: podem acontecer mudanças de personalidade, impulsividade, perda de inibição, atitudes agressivas, compulsões, irritabilidade, falta de interesse nas outras pessoas, preferência por alimentos doces ou gordurosos e realização de movimentos repetitivos, como bater palmas ou os dentes constantemente;

Como é feito o diagnóstico de demência?

Um radionuclídeo é uma forma radioativa de um elemento, o que significa que ele é um átomo... leia mais (PET), outro tipo de exame por imagem, pode ajudar a diferenciar a demência frontotemporal da doença de Alzheimer. Tratamento de demência frontotemporal Alívio dos sintomas Medidas de apoio

Quais são os sintomas da demência progride?

Ocorre do desenvolvimento de diferentes tipos de sintomas, dependendo de qual parte do lobo frontal ou temporal é afetada. Incluem Mudanças na personalidade e no comportamento Problemas com a linguagem As pessoas podem ter mais de um tipo de sintomas, conforme a demência progride.

Como garantir a segurança de uma pessoa com demência?

Para garantir a segurança de uma pessoa com demência e de sua família, os cuidadores podem ter que assumir novas responsabilidades ou organizar cuidados que não eram necessários antes. Dr Diego de Castro cuida de pacientes com diversas doenças neurológicas.

Quais são os tipos de demência?

De acordo com a causa e sintomas apresentados pela pessoa, a demência pode ser classificada em vários tipos, sendo os principais: 1. Alzheimer O Alzheimer é o principal tipo de demência e é caracterizada pela degeneração progressiva dos neurônios e comprometimento das funções cognitivas.

O que é demência e como ela pode afetar a qualidade de vida?

A demência, também chamada de transtorno neurocognitivo maior ou ligeiro, corresponde a uma alteração progressiva das áreas do cérebro, resultando em alterações da memória, comportamento, linguagem e personalidade, que podem interferir diretamente na qualidade de vida.

Quantas pessoas vivem com demência?

Estima-se que no presente existam 47,5 milhões de pessoas em todo o mundo a viver com demência, e que esse número venha a dobrar a cada vinte anos, passando para 75,6 milhões em 2030 (OMS, 2015).

Quais são os principais factores de risco da demência?

Este tipo de demência, geralmente, permite a preservação da personalidade e da consciência patológica (conhecimento da condição de doença). Alguns dos principais factores de risco são a hipertensão arterial, o tabagismo, a diabetes e a hipercolesterolemia.

Postagens relacionadas: