Diario da republica

diario da republica

Quais atos devem ser publicados na 2a série do Diário da Republica?

Na 2.ª série do Diário da República devem ser publicados: Os demais atos cuja publicação seja determinada pela lei. Lei n.º 74/98, de 11 de novembro, alterada pela Lei n.º 2/2005, de 24 de janeiro, pela Lei n.º 26/2006, de 30 de junho, pela Lei n.º 42/2007, de 24 de agosto, com republicação, e pela Lei n.º 43/2014.

Qual é a origem do Diário do governo?

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre. O Diário da República é o jornal oficial da República Portuguesa. Entre 1869 e 1976, era designado Diário do Governo .

Quais declarações devem ser publicadas na 1a série do Diário da Republica?

Na 1.ª série do Diário da República devem ser publicados: As declarações relativas à renúncia ou à perda de mandato dos deputados à Assembleia da República e às Assembleias Legislativas das Regiões Autónomas. Na 2.ª série do Diário da República devem ser publicados:

Como são assinados os atos publicados no Diário da Republica?

Todos os atos publicados no Diário da República são assinados digitalmente pela INCM enquanto editora oficial, garantindo a autenticidade da edição eletrónica. Artigo 18.º

Quais declarações devem ser publicadas na 1a série do Diário da Republica?

Na 1.ª série do Diário da República devem ser publicados: As declarações relativas à renúncia ou à perda de mandato dos deputados à Assembleia da República e às Assembleias Legislativas das Regiões Autónomas. Na 2.ª série do Diário da República devem ser publicados:

Quais são as partes do Diário da Republica?

1 – A 2.ª série do Diário da República compreende as seguintes partes: A – «Presidência da República», na qual se publicam os atos provenientes do Gabinete do Presidente da República, que precedem os atos dos serviços e organismos que funcionam junto da Presidência da República;

Quais atos devem ser publicados na 2a série do Diário da Republica?

Na 2.ª série do Diário da República devem ser publicados: Os demais atos cuja publicação seja determinada pela lei. Lei n.º 74/98, de 11 de novembro, alterada pela Lei n.º 2/2005, de 24 de janeiro, pela Lei n.º 26/2006, de 30 de junho, pela Lei n.º 42/2007, de 24 de agosto, com republicação, e pela Lei n.º 43/2014.

Qual a importância da edição eletrónica do Diário da Republica?

5 - A edição eletrónica do Diário da Repúblicafaz fé plena e a publicação dos atos através dela realizada vale para todos os efeitos legais, devendo ser utilizado mecanismo que assinale, quando apropriado, a respetiva data e hora de colocação em leitura pública.

Qual é a origem do Diário do governo?

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre. O Diário da República é o jornal oficial da República Portuguesa. Entre 1869 e 1976, era designado Diário do Governo .

Qual o prazo para a publicação de uma declaração de retificação?

2 - As declarações de retificação devem ser publicadas até 60 dias após a publicação do texto retificando. 3 - A não observância do prazo previsto no número anterior determina a nulidade do ato de retificação. 4 - As declarações de retificação reportam os efeitos à data da entrada em vigor do texto retificado.

Postagens relacionadas: