Inhame

inhame

Qual a origem do inhame?

Originário da África, o inhame foi trazido das ilhas de Cabo Verde e São Tomé para o Brasil pelos portugueses e encontrou condições ideais para se desenvolver. Seu nome provém de uma palavra de origem senegalesa que significa “para comer”.

Como se desenvolve o inhame?

O inhame se desenvolve muito bem em solos arenosos e profundos, que sejam bem drenados, ricos em matéria orgânica e com ph em torno de 5,5 e 6,0. São adaptados a climas quentes e úmidos (não toleram geadas) e são cultivados em várias partes do Brasil.

Quais os benefícios do inhame?

Tapioca), o inhame é rico em vitaminas do complexo B e em cálcio, ferro e fósforo. Na cozinha é bastante versátil: pode ser cozido em água, no vapor, assado, ralado, frito, virar purê, bolinho e até doce.

Qual é a beleza do inhame?

Sua pele marrom é coberta de fiapos, que lembram uma cabeleira rala e desgrenhada. Mas o que lhe falta em beleza sobra em versatilidade, sabor, textura e vitaminas. Originário da Ásia, o inhame já era cultivado na Índia 5 mil anos antes de Cristo. De lá foi levado ao Egito, de onde viajou para a Grécia e a Roma antigas, até se espalhar pela Europa.

O que é inhame e para que serve?

Na culinária, o inhame é muito empregado em sopas e pratos quentes. O tubérculo pode servir como uma alternativa à batata, podendo ser usado no preparo de purês, por exemplo. Os maiores produtores mundiais de inhame são: Nigéria, Gana, Costa do Marfim, Camarões e Togo.

Quais são as espécies de inhame?

Em alguns locais, é comum referir-se a espécies dos gêneros Alocasia, Colocasia (taro), Xanthosoma e Ipomoea (batata-doce) também como inhame. Seus tubérculos também são chamados de inhame.

Como se desenvolve o inhame?

O inhame se desenvolve muito bem em solos arenosos e profundos, que sejam bem drenados, ricos em matéria orgânica e com ph em torno de 5,5 e 6,0. São adaptados a climas quentes e úmidos (não toleram geadas) e são cultivados em várias partes do Brasil.

Qual é a beleza do inhame?

Sua pele marrom é coberta de fiapos, que lembram uma cabeleira rala e desgrenhada. Mas o que lhe falta em beleza sobra em versatilidade, sabor, textura e vitaminas. Originário da Ásia, o inhame já era cultivado na Índia 5 mil anos antes de Cristo. De lá foi levado ao Egito, de onde viajou para a Grécia e a Roma antigas, até se espalhar pela Europa.

Quais são os benefícios do inhame para o corpo?

Sua decocção é conhecida por incentivar, bem como reduzir a irritação brônquica, tosse, juntamente com outros problemas respiratórios.

O que é inhame e para que serve?

Saboroso, versátil e nutritivo, o inhame, nome popular para vários tubérculos do gênero Dioscorea, é um alimento bastante comum em algumas regiões do Brasil e países da Ásia e África, de onde é originário.

Qual a importância do inhame para a saúde?

O inhame possui um fitoesterol chamado diosgenina que, no corpo humano, ajuda a sintetizar vários hormônios femininos. Nesse sentido, algumas pesquisas – como a pesquisa publicada em 2005 no Journal of American College of Nutrition – relatam os vários benefícios no consumo desse tubérculo para a saúde das mulheres. Como por exemplo:

Quais são os benefícios do chá de inhame?

Combate a constipação: a nutricionista diz que o chá de inhame auxilia no bom funcionamento intestinal “Devido à hidratação, pois melhora a consistência das fezes e as fibras são essenciais para um intestino regular e saudável”.

Postagens relacionadas: