Tatuagens mae e filha

tatuagens mae e filha

Por que os filhos e filhas fazem tatuagens em homenagem às mães?

De há uns anos para cá, tem-se verificado, também, a tendência de os filhos e filhas (adultos) tatuarem algo simbólico em conjunto com as suas mães. Para além de as tatuagens mostrarem a ligação invisível e profunda que existe entre mães e filhos, também passam a mensagem de existe, entre estes pares, um amor enorme.

Como representar o seu filho em uma tatuagem?

Agora se você tiver vários filhos, também há diversas opções de tatuagens: as iniciais dos seus nomes, o número de dia onde cada um nasceu, algum símbolo ou desenho que identifique eles… Em suma, existem infinitas possibilidades de representar o seu filho em uma tatuagem para o resto da vida.

Por que os filhos e filhas têm a tendência de tatuar?

Hoje em dia, as tatuagens são vistas como algo normal e comum entre as pessoas, independentemente da sua idade, estrato social ou género. Um dos motivos que dá mote a uma tatuagem com mais frequência é o nascimento de um filho ou filha.

Quais são os pontos mais procurados pelas mulheres para tatuagens?

O braço é um dos pontos mais procurados pelas mulheres, tanto para tatuagens grandes , como para aquelas tatuagens no braço pequenas e delicadas. As flores de lótus estão em alta quando o assunto é tatuagem.

Por que os filhos e filhas tatuam?

Um dos motivos que dá mote a uma tatuagem com mais frequência é o nascimento de um filho ou filha. Para muitas mães em todo o mundo, esta relação de amor incondicional está à vista na pele, tatuada em homenagem à sua descendência.

Como fazer uma tatuagem para o filho?

Para fazer isso é bem fácil, basta molhar bem todo o pé do bebê em tinta tempera. Elas são indicadas para crianças, assim tem menos risco de dar alguma reação alérgica no seu pequeno. Depois pegue uma folha de ofício e coloque o pezinho por completo no papel.

Como homenagear mães e filhos?

Tatuagem para homenagear Mães e Filhos: Atualmente a tatuagem é mais do que aparência muitas pessoas fazem como prova de amor, registrar a foto de uma criança ou animalzinho de estimação. Filhos e mães tatuam símbolos que represente o laço que os uni.

Por que o Dia das Mães é tão importante para a família?

Não pela data em si, mas por tudo que o dia das mães- e que pode ser o dia da família- causa na gente. É tanto amor que transborda e a gente tem a necessidade de marcar na pele, é uma outra forma de deixar eternizado. Selecionamos para vocês 30 tatuagens em homenagem as mães e filhos. Vem que é só amor, e dos grandes!

Outro modelo de tatuagem que vem feito sucesso é aquela que traz os dados do nascimento da criança, como peso, altura, tipo sanguíneo e data do parto. Uma boa ideia é colocar todas essas informações dentro de um coração. Quem não cai de amores por aquele carimbo feito com os pezinhos do bebê?

Por que os filhos e filhas tatuam?

Um dos motivos que dá mote a uma tatuagem com mais frequência é o nascimento de um filho ou filha. Para muitas mães em todo o mundo, esta relação de amor incondicional está à vista na pele, tatuada em homenagem à sua descendência.

Por que fazer tatuagem para filhos?

As mamães podem optar por uma tatuagem para filhos delicada e minimalista, que apresente traços bem realizados, coloridos e com ótimos efeitos. Siga boas referências que valorizem o desenho e mostrem todo o amor materno, seja para o filho único, para casais, gêmeos, em qualquer quantidade o carinho é o mesmo!

Qual o significado das tatuagens familiares?

As pessoas agradecem muitas vezes a Deus, nas suas orações, por Ele lhes ter dado uma magnífica família. Uma tatuagem, como arte, é um dos melhores meios de exprimir o seu afeto pela sua família. Ás vezes, uma tatuagem da família pode não representar a sua família de sangue: pais, irmãos e irmãs ou filhos.

Qual a tatuagem ideal para o bebê?

Essa tatuagem está entre uma das preferidas entre as mães, sendo perfeita para as que se consideram bem corujas. Trata-se de um desenho de coração estilizado, usando o nome do bebê e outras informações sobre ele, como o local, horário e data em que nasceu, tipo sanguíneo, tamanho, entre outros. (Foto: Pin Juliana Godoy)

Postagens relacionadas: