Francesinha e mais nada

francesinha e mais nada

Qual a origem da francesinha?

A Francesinha é um petisco nascido na cidade do Porto, que basicamente se pode exemplificar como sendo feito com duas fatias grossas de pão de forma, ligeiramente torrado, entre as quais é adicionado um bife de vaca, linguiça, mortadela, salsicha fresca e queijo.

Quem é a francesinha que nasceu 50 anos depois?

Mas o nome francesinha só nasceu 50 anos depois... Jean Harlow (Foto: Getty Images/ImaxTree/Reprodução/Divulgação) Jean Harlow estourou na década de 1930, e junto com a fama da atriz também ganharam destaque as unhas que ela adorava: arredondadas com as pontas brancas e, muitas vezes, a meia lua também.

Como escolher a francesinha para as unhas compridas?

Para as francesinhas tradicionais, a nail art segue a proposta de uma faixinha reta na ponta das unhas, fazendo apenas um detalhe e que geralmente costuma ser feito com esmalte branco e em unhas de formato quadrado.

Qual é o nome da sanduíche francesinha?

Na Póvoa de Varzim surgiu uma variedade na década de 1960 num snack-bar do Passeio Alegre, a denominada francesinha poveira.

Quem inventou a francesinha?

Consta-se que Daniel David Silva ficou inspirado por este prato francês e decidiu adaptá-lo aos sabores e paladar português, tendo, então, incluído carnes e queijo. Diz-se que nos seus primórdios a composição da francesinha era diferente da atualidade, mais simples, incluindo apenas carnes e queijo.

Por que a francesinha é um prato típico do Porto?

Independentemente da sua história, a verdade é que a francesinha é um prato típico do Porto e que tem vindo a conquistar cada vez mais apreciadores. Atualmente há já muitas variações da tradicional, para que todos tenham a possibilidade de usufruir deste petisco. Ainda assim, esta é a receita original:

Qual é o nome da sanduíche francesinha?

Na Póvoa de Varzim surgiu uma variedade na década de 1960 num snack-bar do Passeio Alegre, a denominada francesinha poveira.

Qual foi a primeira cervejaria francesa?

Segundo reza a lenda, e esta será a mais conhecida história na cidade do Porto, a primeira francesinha nasceu na cervejaria “A Regaleira”, na rua do Bonjardim, por volta de 1950. Foi Daniel David Silva, um emigrante em França, que desenvolveu a receita na Invicta, inspirado numa sanduíche francesa de nome croque-monsieur.

Postagens relacionadas: