Porto das barcas

porto das barcas

Como era a cidade de Porto das Barcas?

Porto das Barcas é um ponto turístico da cidade piauiense de Parnaíba e o marco da expansão urbana da cidade. A cidade, quando passou à categoria de vila (era chamada de Vila de São João da Parnaíba ), tinha como sede o povoado Testa Branca. Em seguida, a região que compreendia o Porto das Barcas tornou-se sede da pequena vila da Parnaíba.

Por que visitar a praia de Porto das Barcas?

Conhecida pelos muitos e excelentes viveiros que aqui se localizam, a Praia de Porto das Barcas é um bom local para saborear especialidades gastronómicas confecionadas à base de marisco. Bastante tranquila, a praia possui um pequeno cais no extremo norte, de onde é possível apreciar os pequenos barcos que se dedicam à pesca tradicional.

Quais foram as principais características da Ponte das Barcas?

No entanto, por regra a travessia do Douro fazia-se com recursos a barcos, jangadas, barcaças ou batelões. A Ponte das Barcas, construída com objectivos mais duradouros, foi projectada por Carlos Amarante e inaugurada a 15 de Agosto de 1806.

Quais foram as principais características da Ponte das Barcas?

No entanto, por regra a travessia do Douro fazia-se com recursos a barcos, jangadas, barcaças ou batelões. A Ponte das Barcas, construída com objectivos mais duradouros, foi projectada por Carlos Amarante e inaugurada a 15 de Agosto de 1806.

Qual foi a tragédia da Ponte de barcas?

Em memória dos portuenses que morreram neste desastre, durante muitos anos, no dia 29 de março, a irmandade de S. José das Taipas organizava uma procissão que se dirigia à Ribeira, para sufragar as Alminhas da Ponte.

Quando foi construída a Ponte das Barcas?

A Ponte das Barcas, construída com objectivos mais duradouros, foi projectada por Carlos Amarante e inaugurada a 15 de Agosto de 1806. Era constituída por vinte barcas ligadas por cabos de aço e que podia abrir em duas partes para dar passagem ao tráfego fluvial.

Quais eram as principais características da ponte?

A ponte era constituída essencialmente por vinte barcas, com cerca de mil palmos de extensão, ligadas por cabos de aço, podendo abrir em duas partes para dar passagem ao tráfego fluvial, havendo circulação sobre um passadiço de madeira. Em tempo de cheias a ponte era desmantelada para evitar a sua destruição.

Quais foram os motivos que levaram a destruição da Ponte do Rio de Janeiro?

Inumeráveis vítimas indefesas foram assim destruídas e, como que para aumentar a intensidade do sofrimento, os primeiros dois barcos que suportavam a ponte afundaram-se sob a pressão do enorme peso, e massas de seres humanos foram precipitadas na torrente tumultuosa.

Quais os tipos de embarcações?

Tipos 1 Balsa 2 Barco a vapor 3 Barco de pesca 4 Barco de transporte passageiros, turismo e outros 5 Canoa 6 Iate 7 Insuflável 8 Veleiro 9 Aerobarco

Postagens relacionadas: