Atividades 25 de abril 1o ciclo

atividades 25 de abril 1o ciclo

Como explicar o 25 de abril às crianças?

Não sabe de que forma pode explicar o 25 de Abril às crianças? Defendemos sempre que as crianças devem conhecer o mundo e a verdade como eles são: crus, com pessoas boas e outras menos, com realidades diferentes daquelas que vivemos, com a consciência da sorte e do privilégio que, na maioria das vezes, nos toca.

Por que o 25 de abril é tão difícil explicar aos miúdos?

A melhor forma de contar como foi o 25 de abril aos miúdos é a descomplicar e a contar os factos pela perspetiva deles. Decidimos então tentar contar de uma forma que acreditamos ser mais acessível como era Portugal durante a ditadura. Acrescentámos algumas curiosidades da vida nessa época que certamente deixarão os miúdos a querer saber mais.

Como comemorar o 25 de abril?

O Livro Livre é uma outra forma de comemorar o 25 de Abril, dando a conhecer a crianças e jovens este marco da História de Portugal e o seu legado.

Por que ler livros sobre o 25 de abril?

Nada melhor do que explorar algum destes livros sobre o 25 de Abril, escritos para crianças – além de servir como um excelente complemento às aulas de História, estará a incentivar a leitura e a dar-lhe a conhecer a memória do país e da sua gente.

Por que o 25 de abril é tão importante para o público infantil?

Aproxima-se o 25 de Abril, uma data marcante para a História de Portugal e para todos os cidadãos do nosso país… até para os mais pequeninos! Por vezes, pode não ser fácil passar para o público infantil esta história tão enraizada no mundo dos adultos. O truque é sempre simplificar e contar o essencial.

Por que o 25 de abril é tão importante para os pequeninos?

Aproxima-se o 25 de Abril, uma data marcante para a História de Portugal e para todos os cidadãos do nosso país… até para os mais pequeninos! Por vezes, pode não ser fácil passar para o público infantil esta história tão enraizada no mundo dos adultos.

Como comemorar o 25 de abril?

O Livro Livre é uma outra forma de comemorar o 25 de Abril, dando a conhecer a crianças e jovens este marco da História de Portugal e o seu legado.

Por que o 25 de abril é tão difícil explicar aos miúdos?

A melhor forma de contar como foi o 25 de abril aos miúdos é a descomplicar e a contar os factos pela perspetiva deles. Decidimos então tentar contar de uma forma que acreditamos ser mais acessível como era Portugal durante a ditadura. Acrescentámos algumas curiosidades da vida nessa época que certamente deixarão os miúdos a querer saber mais.

“Todos os anos têm um mês de abril e todos os meses de abril têm o dia 25. Porém, o dia 25 de abril de 1974 foi um dia especial para os portugueses. Porquê? Porque o País e os seus habitantes voltaram a viver em liberdade, depois de quase 50 anos de tristeza e de silêncio.”

Como será o dia do 25 de abril?

Com o país ainda em estado de emergência e sujeito a dever geral de recolhimento, os 46 anos do 25 de Abril vão ser celebrados sobretudo online. A Associação 25 de Abril apelou a que às 15h00 se cante a Grândola à janela. Não há desfiles de rua mas a data vai celebrar-se à mesma.

Qual a importância do 25 de abril para a nossa história?

O 25 de abril de 1974 marcou e marcará para sempre a nossa história. Este é um dia para relembrar os heróis e as heroínas que lutaram para acabar com a ditadura que tanto fez Portugal sofrer. Mas também é um dia que devemos sair à rua e celebrar a liberdade que foi conquistada.

O que é o feriado de 25 de abril?

Vitoriosos, os revolucionários conseguiram a implantação do regime democrático e a instauração da nova Constituição Portuguesa, a 25 de abril de 1976. O símbolo do dia 25 de abril é o cravo, porque nesse dia uma mulher ofereceu cravos aos soldados em sinal de agradecimento.

Como explicar o 25 de abril às crianças?

Não sabe de que forma pode explicar o 25 de Abril às crianças? Defendemos sempre que as crianças devem conhecer o mundo e a verdade como eles são: crus, com pessoas boas e outras menos, com realidades diferentes daquelas que vivemos, com a consciência da sorte e do privilégio que, na maioria das vezes, nos toca.

Postagens relacionadas: