Vida e obra de fernando pessoa

vida e obra de fernando pessoa

Quais são as características das obras de Fernando Pessoa?

Assim, o poeta, pertencente à geração de Orpheu do modernismo português, produziu obras anticonvencionais, provocativas, com liberdade formal, elementos futuristas e simbolistas. Foi também criador do sensacionismo e de muitos heterônimos, antes de falecer, em 30 de novembro de 1935.

Quem é o poeta Fernando Pessoa?

Fernando António Nogueira Pessoa, ou apenas Fernando Pessoa, foi um dos maiores escritores da literatura universal e um dos mais aclamados e respeitados poetas da língua portuguesa e da língua inglesa.

Quais são as principais atividades de Fernando Pessoa?

Destacou-se na poesia, com a criação de seus heterônimos sendo considerado uma figura multifacetada. Trabalhou como crítico literário, crítico político, editor, jornalista, publicitário, empresário e astrólogo. Nessa última tarefa, vale destacar que Fernando Pessoa explorou o campo da astrologia, sendo um exímio astrólogo e apreciador do ocultismo.

Quais foram os primeiros escritos políticos de Fernando Pessoa?

Entre fevereiro e outubro de 1935, último ano de sua vida, Fernando Pessoa produziu uma série de escritos políticos, vários deles contra Salazar e o Estado Novo, e dois textos sobre a invasão da Abissínia (atual Etiópia) pela Itália fascista, que a censura salazarista não deixou passar.

Quais foram as principais características de Fernando Pessoa?

Viveu parte da infância e sua adolescência em Durban, na África do Sul. Em 1905, voltou a morar em Portugal, onde escreveu a sua obra, criou heterônimos, fundou duas editoras, trabalhou como tradutor e conheceu sua única namorada. O poeta, que morreu em 30 de novembro de 1935, em Lisboa, é um dos principais autores do modernismo português.

Quem é o poeta Fernando Pessoa?

Fernando António Nogueira Pessoa, ou apenas Fernando Pessoa, foi um dos maiores escritores da literatura universal e um dos mais aclamados e respeitados poetas da língua portuguesa e da língua inglesa.

Quais foram os principais textos de Fernando Pessoa?

Já em 1915, na revista Orpheu, porta-voz do modernismo português, publicou os textos: O marinheiro, Opiário, Ode triunfal, Chuva oblíqua e Ode marítima. No ano seguinte, tirou o acento de seu sobrenome (Pessôa), para o tornar mais universal. Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

Quais são as principais atividades de Fernando Pessoa?

Destacou-se na poesia, com a criação de seus heterônimos sendo considerado uma figura multifacetada. Trabalhou como crítico literário, crítico político, editor, jornalista, publicitário, empresário e astrólogo. Nessa última tarefa, vale destacar que Fernando Pessoa explorou o campo da astrologia, sendo um exímio astrólogo e apreciador do ocultismo.

Quais são as principais temáticas de Fernando Pessoa?

Uma das principais temáticas de Fernando Pessoa é a nostalgia da infância. O poeta procura recordar a sua primeira infância, mas não consegue lembrar mais que a vida após os cinco anos, data da morte do pai.

Quais foram as principais características de Fernando Pessoa?

Viveu parte da infância e sua adolescência em Durban, na África do Sul. Em 1905, voltou a morar em Portugal, onde escreveu a sua obra, criou heterônimos, fundou duas editoras, trabalhou como tradutor e conheceu sua única namorada. O poeta, que morreu em 30 de novembro de 1935, em Lisboa, é um dos principais autores do modernismo português.

Quais foram os principais textos de Fernando Pessoa?

Já em 1915, na revista Orpheu, porta-voz do modernismo português, publicou os textos: O marinheiro, Opiário, Ode triunfal, Chuva oblíqua e Ode marítima. No ano seguinte, tirou o acento de seu sobrenome (Pessôa), para o tornar mais universal. Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

Quais são as principais personalidades literárias de Fernando Pessoa?

d) O fenômeno da heteronímia é a principal característica da obra de Fernando Pessoa. As principais personalidades literárias criadas pelo poeta foram Alberto Caeiro, Álvaro de Campos, Ricardo Reis e Bernardo Soares. Alternativa “a”.

Postagens relacionadas: