Pensão de alimentos irs

pensão de alimentos irs

Quais são as deduções com pensão de alimentos no IRS 2018 a entregar em 2019?

As deduções com pensão de alimentos no IRS 2018, a entregar em 2019, têm como teto máximo 20% das importâncias comprovadamente suportadas por sentença ou acordo judicial e não reembolsadas. A pensão de alimentos recebida deve ser declarada no IRS no Anexo A, quadro A, com o código 405.

Como declarar a pensão de alimentos na Declaração de IRS?

Ambos os progenitores devem declarar a pensão de alimentos na declaração de IRS, mas em anexos distintos. O progenitor que recebe pensão de alimentos tem de declará-la como rendimento. Para tal, deve preencher o quadro 4 – A do Anexo A, de acordo com os seguintes passos: Clicar em “Adicionar Linha”.

Qual a importância da pensão de alimentos no imposto de renda?

A pensão de alimentos é, assim, uma prestação, paga em dinheiro, pelo progenitor a quem não foi conferida a guarda de forma a garantir a subsistência do filho ou filhos. “instrução e educação” ( art.º 2003 do Código Civil ).

Como deduzir a pensão de alimentos?

Para efeitos de dedução, o progenitor que paga a pensão de alimentos deve preencher o quadro 6A do Anexo H, pelo valor total da pensão de alimentos comprovadamente suportada por sentença ou acordo judicial. São deduzidos 20% desse valor, sem limite.

Quem paga pensões de alimentos pode deduzir no imposto de renda?

Quem paga pensões de alimentos fixadas por sentença ou acordo judicial pode deduzir no IRS 20% das importâncias suportadas e não reembolsadas. As pensões de alimentos podem ser atribuídas a favor de filhos, adotados, enteados e afilhados civis, maiores, e daqueles que até à maioridade estiveram sujeitos à tutela.

Qual a importância da pensão de alimentos no imposto de renda?

A pensão de alimentos é, assim, uma prestação, paga em dinheiro, pelo progenitor a quem não foi conferida a guarda de forma a garantir a subsistência do filho ou filhos. “instrução e educação” ( art.º 2003 do Código Civil ).

Como deduzir a pensão de alimentos?

Para efeitos de dedução, o progenitor que paga a pensão de alimentos deve preencher o quadro 6A do Anexo H, pelo valor total da pensão de alimentos comprovadamente suportada por sentença ou acordo judicial. São deduzidos 20% desse valor, sem limite.

O que é a dedução de pensão alimentícia?

O RIR – Regulamento de Imposto de Renda, permite que os contribuintes deduzam do saldo de imposto a pagar, os valores pagos a título de pensão alimentícia. A dedução é de 100% neste caso.

Quem paga: como declarar? A pensão alimentícia para quem paga, pode ser deduzida na determinação da base de cálculo mensal, devendo ser informada na Declaração de Ajuste Anual da Pessoa Física. A informação deve constar na ficha “Alimentandos”, indicando se o alimentando é residente no Brasil ou no exterior, o nome, a data de nascimento e o CPF.

Quais são as deduções com pensão de alimentos no IRS 2018 a entregar em 2019?

Como Declarar Pensão de Alimentos no IRS? A pensão de alimentos recebida declara-se no IRS no quadro 4A do anexo A. O código destes rendimentos é o 405. Já as deduções com a pensão de alimentos paga podem ser feitas pelo progenitor pagador da pensão no IRS no anexo H, quadro 6A.

Qual a diferença entre imposto de renda e pensão alimentícia?

O fisco, por sua vez, contempla o pagador da pensão com o desconto integral no imposto de renda dos valores pagos com a pensão alimentícia, privilegiando, assim, o mais forte, tornando menos oneroso o ato de pagar pensão.

Quais são as implicações da pensão de alimentos?

Mas antes disso, vejamos o que é a pensão de alimentos e em que situações é devida. Os pais estão obrigados, por lei, a garantir os devidos alimentos aos filhos em caso de divórcio, separação judicial de pessoas e bens, declaração de nulidade ou anulação do casamento.

Como declarar o valor da pensão alimentícia?

Para quem recebe pensão alimentícia, o processo é diferente. O titular da pensão ou tutor do titular precisa declarar o valor na ficha de “Rendimentos Tributáveis”. Porém, o responsável legal pelo “alimentado” só precisa fazer isso se ele for declarado como seu dependente.

O que é a dedução de pensão alimentícia?

O RIR – Regulamento de Imposto de Renda, permite que os contribuintes deduzam do saldo de imposto a pagar, os valores pagos a título de pensão alimentícia. A dedução é de 100% neste caso.

Postagens relacionadas: